Estria: um mal que pode ser prevenido

Notícias // // 26/01/2018

Hoje em dia o cuidado com o corpo se tornou mania entre as mulheres e muitas delas têm em comum um problema estético: as estrias.  Geralmente, as estrias começam a aparecer na adolescência, sendo que, os homens também estão sujeitos a adquiri-las. Além da genética, outros fatores favorecem o surgimento deste problema, entre eles estão: o crescimento, variação hormonal, efeito sanfona, gravidez, ressecamento da pele e aumento rápido da musculatura por exercícios.

Prossiga com a leitura do conteúdo e entenda um pouco mais sobre as estrias: um mal que pode ser prevenido.

Estria: um mal que pode ser prevenido

As estrias se formam devido ao rompimento das fibras elásticas da pele e surgem predominantemente até a terceira década da vida. No inicio das lesões elas surgem avermelhadas ou róseas, depois de um tempo elas se tornam brancas. Em pessoas de pele morena as estrias podem ser mais escuras que a pele sadia. A pele na área afetada tem consistência frouxa.

Podemos classificar visualmente as estrias em dois tipos: as avermelhadas e as brancas. As avermelhadas são estrias recentes que ainda estão na fase inflamatória, onde o tratamento terá maior eficácia, já as brancas são estrias antigas, consideradas cicatrizes, que antigamente os resultados do tratamento eram ineficazes. “A pele tem uma distensão e existe um rompimento nas fibras elásticas que ajudam na sustentação da pele, e aquele local fica danificado e sem elasticidade, resultando na estria”, explica o médico do Departamento de Laser e Dermatologia Daher, Dr. Cristiano Velasco.

Nas mulheres, as áreas mais atingidas são os quadris, braços, seios, barriga e nádegas. Em homens geralmente as regiões do corpo mais afetadas são as costas, abdômen e braços. Não há como evitar o aparecimento das estrias, mas existem cuidados que podem diminuir as chances da disseminação pelo corpo.

Por ser uma deformidade estética, a estria não faz mal à saúde, a não ser que seu aparecimento gere problemas emocionais, como baixa autoestima, por exemplo. “A estria não é um problema de saúde e sim estético, mas às vezes por ser um problema estético perceptível, ele pode alterar o psicológico de forma a prejudicar a saúde mental e consequentemente, a saúde física”, afirma o médico.

A estria não tem cura, mas a prevenção pode ser feita pela ingestão de água e hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes apropriados, principalmente em pessoas que estão em fase de crescimento ou possuem um histórico familiar de estrias. Outra medida de prevenção seria evitar o sobrepeso e obesidade, assim como o aumento de peso exagerado na gestação.

Entenda mais

Segundo a Dra Cibele Caminha Tokarski, dermatologista do Departamento de Laser e Dermatogia Daher, para se obter um tratamento mais aprofundado e com melhores resultados é necessário o uso de lasers fracionados, pois no decorrer do tratamento, o organismo irá produzir fibras de colágeno sobrepondo a falta da elasticidade.

De acordo com o Dr. Cristiano, uma novidade para o tratamento de estrias é uma tecnologia que em vez de luz, como nos lasers, utiliza eletricidade através da radiofrequência fracionada. Como a eletricidade não tem afinidade por melanina (não mancha a pele), pode ser utilizada de forma eficaz e segura em todos os tipos de pele. “O uso da radiofrequência fracionada causa um leve dano na camada superficial (epiderme), de forma homogênea e previsível, com uma alta remodelação da camada dérmica com produção de fibras de colágeno, resultando em uma pele mais consistente. Comparado aos lasers de CO2 fracionados, a radiofrequência é um procedimento rápido, tanto nas sessões quanto na recuperação do tratamento. Além de tratar marcas de expressão, textura e cicatrizes em geral“, conclui.

Tratamentos

Uma dúvida frequente sobre estrias é em relação aos tratamentos da mesma. Grande parte das pessoas que possui estrias não sabem se é possível reverter a questão, como é possível tratar e o que pode ser feito para garantir uma pele livre do incômodo.

Para tratar as estrias é importante:

  •  Buscar por tratamentos eficazes. É comum encontrarmos hoje diversos aparelhos que prometem tratar as estrias, mas existem aparelhos que podem machucar a pele e aparelhos que revertem a questão, por isso é fundamental pesquisar bem;
  • Busque por uma clínica com credibilidade. A credibilidade da clínica e dos profissionais pode interferir de forma direta no resultado da pele.

Para saber mais sobre o que você pode fazer para reverter as estrias na sua pele, entre em contato com a Golden Clinic e converse com nossos especialistas. Até o próximo conteúdo

 

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

agende sua consulta

Inscreva-se para reservar um horário

Golden Clinic

SOBRE A GOLDEN CLINIC

Somos uma clínica especializada em dermatologia, laser, longevidade, nutrologia e medicina esportiva. Unimos tecnologia, bom atendimento e qualidade técnica.

ENTRE EM CONTATO

(61) 3242-0122 (61) 3306-1003

SEPS 709/909 Bloco B Sala T10 - Centro

Médico Júlio Adnet - Asa Sul - Brasília, DF

Golden Clinic -- 2017 © Copyright | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por BSB Connect

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?