O que causa o vitiligo? Saiba mais sobre este problema

Pele // 06/11/2017

Muitos imaginam que o vitiligo é exclusivamente um problema de pele. Entretanto, a falta de melanina – que resulta em áreas esbranquiçadas – também pode ocorrer nos cabelos e na área interna da boca.

Acompanhe nosso artigo e entenda, em detalhes, as principais causas do vitiligo e quais são os melhores tratamentos para o problema. Boa leitura!

Entenda o vitiligo

O vitiligo não é um quadro popular e recorrente. É apresentado por apenas 1% da população mundial. Segundo dados clínicos, apesar de não ser exclusivo de uma única tonalidade de pele, ocorre com mais frequência em pessoas negras.

A doença é caracterizada pela perda da tonalidade de determinadas áreas do corpo. A formação das lesões se dá pela falta de melanócitos, que são as células responsáveis por produzir a melanina, substância que dá cor à nossa pele. As áreas mais afetadas pelo vitiligo são as mãos, pés, joelhos, cotovelos e região íntima.

Outras doenças autoimunes são desencadeadas nos portadores de vitiligo, como como diabetes e alterações na tireoide.

É interessante saber que o vitiligo é classificado em dois grupos: vitiligo localizado e generalizado. No localizado, surgem manchas (uma ou mais) em ao menos três regiões do corpo. Com uma rápida estabilização, não há a ocorrência de novas manchas.

Já no vitiligo generalizado, há o surgimento de manchas simétricas nos dois lados do corpo. Apesar de raro, é possível que o vitiligo localizado evolua para o generalizado.

Principais causas e sintomas

Assim como qualquer caso de enfermidade, é interessante saber as principais causas e sintomas da doença. Cientificamente falando, não existe uma causa comprovada do vitiligo, porém, dermatologistas e demais especialistas na área seguem algumas linhas sintomáticas, capazes de identificar a origem do problema, sendo:

  • Hereditariedade, ou seja, o vitiligo passa de pais para filhos, ou entre pessoas do mesmo círculo familiar;
  • Outras lesões de pele como alta exposição à substâncias químicas ou queimaduras;
  • Questões de saúde que fragilizem o sistema imune, ocasionando na destruição e dificuldade de formação dos melanócitos.

Quanto aos sintomas, os principais que acusam a ocorrência de vitiligo são as manchas esbranquiçadas, principalmente em regiões como mãos, rosto, lábios e braços. Porém, há outros sinais que merecem atenção:

  • Ocorrência de manchas brancas na barba, bigode, cílios, sobrancelhas e cabelos, antes dos 35 anos;
  • Alteração na cor – ou perda total – da retina;
  • Alteração ou perda da tonalidade do revestimento labial, região do nariz.

Quais os melhores tratamentos para o vitiligo?

É possível adotar tratamentos que suavizam as manchas do vitiligo e inibem sua evolução. O dermatologista é o profissional indicado para diagnosticar, acompanhar e tratar a doença. É preciso escolher um bom corpo clínico, bem como uma boa clínica estética que ofereça os melhores tratamentos para doenças de pele.

Dentre os principais tratamentos para o vitiligo, podemos destacar:

Fototerapia

A fototerapia é caracterizada pela emissão de raios ultravioleta sob a pele. O tempo de ação da sessão depende de cada tipo de pele. Apesar de bastante eficaz – uma vez que apresenta bons resultados em mais de 70% dos casos – é preciso paciência: indica-se uma média de 150 sessões para uma melhora realmente visível e eficaz.

Cremes imunomoduladores

A principal função dos imunomoduladores é atuar diretamente na produção de novos melanócitos. Desta forma, há a repigmentação da pele afetada pelo vitiligo. Em caráter primário, estes medicamentos eram direcionados ao tratamento de quadros de dermatite atópica. Porém, com o passar do tempo observou-se uma boa resposta também nos casos de vitiligo.

Corticosteroides

Pomadas e cremes tópicos com corticosteroides em suas fórmulas são um dos melhores tratamentos para o vitiligo. Cabe dizer que o tratamento demonstra-se mais eficaz quando o quadro é diagnosticado precocemente.

O ideal é que o tratamento seja acompanhado por um dermatologista pelo período de 8 semanas. Caso não hajam reações e melhora visível, recomenda-se optar por outro tratamento.

E então, entendeu em detalhes um pouco mais sobre o vitiligo, suas causas, sintomas e melhores tratamentos? Que tal agendar uma avaliação gratuita na Golden Skin e descobrir como nossa clínica pode te ajudar. Até mais!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

agende sua consulta

Inscreva-se para reservar um horário

Golden Clinic

SOBRE A GOLDEN CLINIC

Somos uma clínica especializada em dermatologia, laser, longevidade, nutrologia e medicina esportiva. Unimos tecnologia, bom atendimento e qualidade técnica.

ENTRE EM CONTATO

(61) 3242-0122 (61) 3522-9919

SEPS 709/909 Bloco B Sala T10 - Centro

Médico Júlio Adnet - Asa Sul - Brasília, DF

Golden Clinic -- 2017 © Copyright | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por BSB Connect

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?