Autoestima em alta: 4 dicas para cuidar de si

Saúde // // 26/01/2018

A baixa autoestima afeta negativamente praticamente todas as facetas da vida, incluindo relacionamentos, trabalho e saúde. É um assunto sério e merece cuidados especiais.

Por essa razão, elaboramos este post com algumas considerações sobre como aumentar a autoestima e consequentemente melhorar a saúde. Acompanhe-nos!

1. Identifique condições ou situações preocupantes

Pense nas condições ou situações que parecem esvaziar sua autoestima. Os gatilhos comuns podem incluir uma apresentação de trabalho ou faculdade, uma crise no trabalho ou em casa, um desafio com um cônjuge, pessoa amada, ou até mesmo mudanças repentinas na vida.

2. Torne-se consciente de pensamentos e crenças

Depois de identificar situações preocupantes, preste atenção aos seus pensamentos sobre elas. Isso inclui o que você diz a si mesmo e a interpretação do que a situação significa.

Os pensamentos e crenças podem ser positivos, negativos ou neutros. Eles podem ser racionais, baseados em razões ou fatos, ou irracionais, baseados em ideias falsas.

Pergunte a si mesmo se essas afirmações são verdadeiras. Imaginar se você diria isso a um amigo pode ajudar a perceber se deveria dizer a si mesmo. Esse comportamento possui reflexos no corpo e o que poderia ser apenas uma olheira de cansaço, por exemplo, às vezes é algo mais grave.

3. Desafie o pensamento negativo ou impreciso

Seus pensamentos iniciais podem não ser a única maneira de ver uma situação, então teste a exatidão de seus pensamentos. Pergunte a si mesmo se sua visão é consistente com os fatos ou se outras explicações para a situação podem ser plausíveis.

Esteja ciente de que pode ser difícil reconhecer imprecisões no pensamento. Pensamentos e crenças de longa data podem parecer normais e factuais, embora muitos sejam apenas opiniões ou percepções.

Alguns pensamentos podem ser nocivos a autoestima

Pensamento de tudo ou nada – Ver as coisas como boas ou más. Por exemplo: “Se eu não tiver êxito nesta tarefa, sou um fracasso total”.

Filtragem mental – Ver apenas o lado negativo das coisas e se deter neles, distorcendo a visão de uma pessoa ou de uma situação. Por exemplo: “Cometi um erro nesse relatório e agora todos perceberão que não estou à altura desse trabalho”.

Convertendo pontos positivos em negativos – Rejeitar conquistas e outras experiências positivas ao insistir que elas não contam. Por exemplo: “Eu só fui bem naquele teste porque estava muito fácil”.

Confundir sentimentos com fatos – Confundir sentimentos ou crenças com fatos. Por exemplo: “Eu me sinto um fracasso, então devo ser um fracasso”.

Fala negativa – Se desvalorizar, ou usar o humor autodepreciativo. Por exemplo: “Não mereço nada melhor”.

4. Mudanças de pensamento e ações para fortalecer a autoestima

Pensando de uma forma diferente e substituindo pensamentos negativos em pensamentos precisos e construtivos, juntamente a ações firmes e otimistas, fará muita diferença na sua mente e no seu corpo. Tente as seguintes estratégias:

Use declarações esperançosas – Trate-se com gentileza e encorajamento. Em vez de pensar que sua apresentação não vai dar certo, tente dizer a si mesmo coisas como: “Mesmo sendo difícil, posso lidar com essa situação”.

Perdoe a si mesmo – Todos cometem erros e eles não precisam refletir permanentemente em você como pessoa. Encare-os como momentos isolados no tempo. Diga a si mesmo: “Eu cometi um erro, mas isso não faz de mim uma pessoa ruim”.

Presentear-se – Periodicamente escolher algo especial para si demonstra que você se valoriza.

Concentre-se no positivo – Pense nas partes da sua vida que funcionam bem. Considere as habilidades que você usou para lidar com situações desafiadoras.

Considere o que você aprendeu – Se foi uma experiência negativa, o que você poderia fazer diferente na próxima vez para criar um resultado mais positivo?

Motivar-se – Dê crédito a si mesmo por fazer mudanças positivas. Por exemplo: “Minha apresentação pode não ter sido perfeita, mas meus colegas fizeram perguntas e continuaram engajados, o que representa algo bastante positivo”.

A vida pode nos pregar inúmeras peças. Umas com nossa própria ajuda, outras simplesmente aparecem para nos derrubar. Seja qual for o momento, a autoestima deve permanecer firme e alta.

Momentos ruins não definem quem somos. Como passamos e reagimos a eles que farão a diferença em nossa mente e automaticamente refletirão no corpo.

Essas foram algumas dicas de como melhorar a autoestima de dentro para fora. Para contribuir de forma muito positiva com esse progresso, veja como tratamentos estéticos podem ajudar no seu bem-estar.

 

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

agende sua consulta

Inscreva-se para reservar um horário

Golden Clinic

SOBRE A GOLDEN CLINIC

Somos uma clínica especializada em dermatologia, laser, longevidade, nutrologia e medicina esportiva. Unimos tecnologia, bom atendimento e qualidade técnica.

ENTRE EM CONTATO

(61) 3242-0122 (61) 3306-1003

SEPS 709/909 Bloco B Sala T10 - Centro

Médico Júlio Adnet - Asa Sul - Brasília, DF

Golden Clinic -- 2017 © Copyright | Todos os direitos reservados | Desenvolvimento por Eixo Digital

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?